Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

Crianças na cama, copo de vinho na mão, estante como cenário e Bruno Nogueira a falar com amigos, para manter alguma sanidade mental (nossa e dele), em directos nocturnos no Instagram. Foi assim durante o primeiro confinamento e em regressos ocasionais desde então. E volta a ser assim agora.


De Nuno Markl (co-autor do título e interlocutor que não falta à chamada desde o primeiro dia) a João Quadros, passando por Nuno Lopes, Salvador Martinha, Inês Aires Pereira, Jessica Athayde e Filipe Melo (ao piano, sempre a fechar), até Ronaldo chegou a entrar.

Gerou-se um fenómeno (e caso de estudo) que, na primeira ronda, deu direito a um 25 de Abril com Vhils e culminou numa noite de Natal antecipada, a meio de Maio, em que Bruno "desconfinou" em direcção ao Coliseu de Lisboa, no meio de decorações natalícias fora de época, "olás" nas ruas e o encontro ao vivo com a sua trupe.

Assistir ao "bicho" pode também ser um movimento solidário. À semelhança da primeira ronda, também esta tem em rodapé uma instituição para a qual é possível fazer donativos na hora. No primeiro dos novos directos, por exemplo, Nogueira voltou a pedir apoio à Cruz Vermelha Portuguesa.

Uma novidade desta "Nova Vaga" é o horário: a pedido dos seguidores (e porque o próprio anfitrião está a trabalhar num novo projecto para a SIC), antecipou-se uma hora e começa agora às 22h.