Guialazer

Por PÚBLICO

Sozinho ou acompanhado, com mais ou menos jeito, o que interessa é participar, brincar e dar tempo a este tempo.


(em actualização)

Jogos
Torneios online
Entre 3 e 16 de Abril, a Worten entra em "Lockdown", cumprindo um calendário de "gaming" online para PC, PS4 e "mobile", com a chancela "Worten Game Ring". Entre as 14 competições disponíveis, em formatos abertos para famílias, single, equipas, jogadores profissionais ou amadores, há jogos de Clash Royal, League of Legends, FIFA20, Heartstone, Brawl Stars, Dragon Ball Figther 2, Street Fighter 5, Counter Strike e PUBG. A iniciativa é apadrinhada por Morais HD e RicFazeres e vem com prémios: os primeiros classificados ganham produtos e descontos dos parceiros Huawei, Omen, Telepizza, Eat Tasty, NPlay e Funko, todos eles com entrega ao domicílio. Os jogos decorrem nos dias úteis, entre as 17h30 e as 23h, e ao fim-de-semana, das 15h às 21h. As inscrições, limitadas para cada jogo, são feitas em www.wortengamering.pt. Para quem quiser apenas acompanhar o que se passa, é seguir a grelha em www.twitch.tv/wortengamering/. C.A.M.

Actividade
Origamis
Cisnes, corações, flores, cães, coelhos, unicórnios, pássaros, barcos, carros, estrelas ou borboletas. Dos modelos simples aos mais elaborados, o objectivo é explorar o mundo animal e vegetal com a arte japonesa na ponta dos dedos. Com papel e inspiração, constroem-se figuras tridimensionais assentes em dobras geométricas, que além do passatempo e efeito decorativo trazem também benefícios para a motricidade fina. Na internet há ideias, livros e tutoriais para todos os gostos e idades. C.A.M.

Actividade
Lugar do Desenho
O Serviço Educativo do Lugar do Desenho lançou o desafio: “Pesquisa na Internet por ‘Pintor Júlio Resende’, escolhe uma imagem e dá asas à tua imaginação! Inspira-te no universo do pintor e faz um desenho, colagem, fotografia, vídeo ou poema”. A iniciativa é dirigida aos mais novos e já começou a encher de cor o mural da fundação que alberga o espólio de cerca de 2000 desenhos do conhecido artista (1917-2011). Para participar, basta publicar os trabalhos no Instagram com a hashtag #soupintorjulioresende, identificando a fundação (@fundacao_julio_resende), ou enviar para info@lugardodesenho.org. C.A.M.

Oficina
Vamos bater na madeira
“Os trabalhos manuais são uma boa terapia e diz o povo que ‘bater na madeira’ ajuda a afastar as coisas negativas!” Quem o diz é a Marcenaria Artística Pereira, empresa portuguesa e familiar, com saber acumulado há cinco gerações, que aproveita estes dias de “ficar em casa” para aconselhar gratuitamente todos os interessados no restauro e remodelação de peças. O processo é simples e feito online: basta “partilhar imagens das peças nas stories do Facebook/Instagram com uma breve descrição do projecto que tem em mente e identificar a @marcenariartisticapereira”, sem esquecer a hashtag #vamosbaternamadeira (nota: se o perfil for privado, deve enviar também por mensagem privada). Na impossibilidade de manter a política de oficina aberta, as portas abrem-se no mundo virtual para ensinar quem está em casa a lidar com o bicho (incluindo o da madeira). C.A.M.

Jogo
Brincar ao coronavírus com o "Virus Fight Club"
Um jogo didático que põe os participantes a percorrer várias cidades, com o objectivo de recolher o maior número possível de vacinas e máscaras para enfrentar o coronavírus. No percurso, e lembrando as orientações da Organização Mundial de Saúde, o jogador tem de evitar as situações de risco e manter o distanciamento de pessoas a espirrar e a tossir, e de grupos, entre outros obstáculos. No mundo virtual tal como no real, a lavagem frequente das mãos é sempre uma vantagem. A ideia tem a assinatura da startup Magikbee, com sede em Braga, que com este "Virus Fight Club" põe todos a olhar na mesma direcção e a lutar com o que agora é o inimigo número um do planeta. O jogo está disponível em várias línguas, para "smartphones" e "tablets" (em breve também para computador em www.virusfightclub.com), e pode ser descarregado e usado de forma gratuita. C.A.M.

Actividades
Escuteiros de trazer por casa
O lema não engana: “De casa em casa a tornar o mundo melhor!”. O Corpo Nacional de Escutas, que tem no activo mais de 70 mil elementos, sai do terreno e entra no lar de cada um através da página www.escutismoemcasa.pt. Recomendações, iniciativas, jogos, tele-reuniões com a patrulha, celebrações e trabalhos de progresso e especialidades são apenas algumas das valências online, para que mesmo à distância, escuteiros e não escuteiros possam pôr em prática a premissa de deixar o mundo melhor. As participações vêm de todo o país, com equipas de apoio à protecção civil, autarquias e organizações sociais, ao serviço do Ministério da Educação fazendo a ponte entre escolas e alunos sem recursos digitais e a trabalhar com a população inserida no grupo de risco desta pandemia, por exemplo. No site, vale a pena espreitar o "Kit de Sobrevivência", uma secção com dicas para planear os dias da quarentena, o estudo em casa ou a produtividade no teletrabalho. C.A.M.

Actividades
Navigator "Dá a Mão à Floresta"
Aproveitando este tempo para sensibilizar os mais novos para a importância da protecção e valorização da floresta nacional, a The Navigator Company propõe uma série de actividades "online", integradas no seu projecto educativo "Dá a Mão à Floresta". Até ao final do mês de Abril, estão disponíveis episódios de desenhos animados, histórias infantis em "Contos da Floresta" e os concertos da "Floresta Musical". A animação não fica por aqui: no site do projecto, podemos também encontrar jogos variados, que podem ser descarregados e impressos em papel (Jogo da Memória, Jogo da Corrida, Dominó dos Animais, Bichinhos de Imitação) ou de participação interactiva na plataforma (caso do À Sombra das Árvores). Quem entrar no Jardim da Diversão tem direito a artigos com curiosidades, dicas de corte e costura, piadas e adivinhas. Está tudo à mão de semear, em www.daamaoafloresta.pt e nas respectivas redes sociais. C.A.M.

Jogo
Jogar ao Stop
O jogo é muito simples e certamente que se recorda dele, dos tempos mortos na escola. Cada um tem uma folha de papel à frente e traça uma linha na horizontal, por cima da qual escreve “nomes, TPC (terras, países ou cidades), animais, objecto, marcas, profissões e famosos”, divididos por linhas na vertical. Feito o esquema, cada um tem a sua caneta e está preparado para jogar. Um dos jogadores diz bem alto a primeira letra do alfabeto “A” e, para si, vai desfiando as letras seguintes até que alguém, anteriormente escolhido diz “stop”. Calhou, por exemplo, o “C”: é preciso preencher os espaços com palavras que comecem por aquela letra. Se for o único a escrever “cão”, contabiliza 10 pontos; se todos responderem “CR7”, têm cinco pontos; se só um dos jogadores conseguir responder a uma das categorias, arrecada 20 pontos. Ganha, claro está, quem tiver mais pontos. B.W.

Jogo
Science4you com desconto
Se a Porto Editora e a Leya abriram o acesso gratuito às suas plataformas de ensino, a Science4you dá um desconto de 20% nos seus jogos a quem os comprar online até 31 de Março. A ideia é que, estando pais e filhos em isolamento, promover, por um lado, a compra à distância, e, por outro, o acesso a actividades que são pedagógicas, mas também divertidas, já que se tratam de jogos. A marca lembra, em comunicado, que a sua “missão” é “melhorar os níveis de educação na sociedade desenvolvendo brinquedos que permitam às crianças aprender enquanto brincam”. B.W.

 

Descarregue a app do PÚBLICO, subscreva as nossas notificações e esteja a par da evolução do novo coronavírus.