Guialazer

Eu vou (0 Pessoas vão a este evento)

Por Sílvia Pereira

Vinte e três anos depois da estreia original, António Simão regressa, com os Artistas Unidos, à sua versão teatral de "Uma Solidão Demasiado Ruidosa".


Escrito em 1976 por Bohumil Hrabal, é um monólogo impregnado de absurdo existencial e, simultaneamente, um acto de protesto anti-censura por parte do autor checo.

Conta a história de um homem que, há décadas, passa os dias numa cave a prensar papel velho, mas vai coleccionando o conhecimento que lhe passa pelas mãos através das pilhas de livros condenados à destruição.